Anúncio

Problemas com voo? Sites ajudam a negociar indenização

Os passageiros que tiveram prejuízos por problemas em viagens de avião podem ter acesso à assistência jurídica oferecida por novos sites. As plataformas atendem casos de atrasos ou cancelamentos, overbooking e dano ou extravio de bagagens. Os clientes têm direito à indenizações que variam entre R$ 2.000 a R$ 6.000.

O passageiro deve pagar ao advogado até 30% do montante pago pela empresa, e o serviço só é cobrado se o passageiro for ressarcido.

Na Quick Brasil, o passageiro prejudicado recebe R$ 1.000 quando cadastra o caso. A empresa entra com os recursos e recebe o valor da ação, caso seja aceita.

Entre os sites que oferecem serviços semelhantes estão: Não Voei, Direito do Passageiro e Reclame Voo.

O passageiro deve comprovar o dano apresentando a cópia da passagem e emails que notificam o atraso ou o cancelamento. No caso de overbooking, a companhia pode oferecer uma carta atestando o problema ou, no extravio da bagagem, ele deve procurar fazer o Registro de Irregularidade de Bagagem.

Bruno Arruda, da Resolvvi, destaca que casos de atrasos superiores a quatro horas com perda de conexão ou da reserva do hotel têm maior chance de sucesso, já que o prejuízo foi maior. é possível entrar com processo de viagens que aconteceram até três anos atrás.

Fonte: Folha de São Paulo