Procon autua banco, supermercado e notifica sete postos de combustíveis

Em operação para fiscalizar os segmentos de alimentos, serviço bancário e combustíveis, o Programa Estadual de Proteção e Orientação do Consumidor (Procon-AM) autuou um supermercado da rede DB e uma agência bancária da Caixa Econômica Federal, ambos estabelecimentos localizados no bairro Cachoeirinha, zona centro-sul. Além disso, notificou sete postos de combustíveis por vender o litro da gasolina comum por valores acima de R$ 4,00.

A fiscalização tripla aconteceu na quarta-feira (27), após denúncias de consumidores pelas redes sociais do Procon-AM e pelo 0800 092 1512, com atendimento de segunda a sexta, das 08h às 14h.

Das duas agências bancárias visitadas, apenas uma será multada por infringir a Lei Estadual das Filas (139/2013). A espera por atendimento nos guichês de caixas, que também estava com a bateria incompleta, ultrapassou em 13 minutos o tempo máximo permitido, que é de 15 minutos em dias normais. “A má prestação do serviço abrangeu a demora no atendimento e a falta de funcionários suficientes para atender o consumidor”, aponta o gestor do Procon-AM, Jalil Fraxe.

Alimentos impróprios 

Em exposição no supermercado fiscalizado pelo Procon-AM, foram encontrados alimentos fora da data de validade. Entre eles, 1.110 unidades de ovos que já haviam vencido no último dia 02 de março. Peixes, iogurtes, quiabo, pepino, batata palha e enlatados, também foram identificados pelos fiscais como produtos impróprios ao consumo humano.

As fiscalizações continuam durante a semana e vão abranger outros segmentos comerciais denunciados pelos consumidores, como o de drogarias e farmácias, shoppings centers, serviços de beleza, entre outros.

Com informações do Procon-AM.