Procuradores da República repudiam “tentativa de desqualificar juízes do TRE” que cassaram governador José Melo

Nota Jaiza e Julgamento Melo

Primeiro foi a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) que, em nota pública, repudiou matéria postada em site local com ataques a atuação de juízes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que cassaram o governador José Melo.  Agora é a Associação Nacional dos Procuradores da República que decidiu manifestar publicamente apoio a Corte de Justiça Eleitoral, em particular a juíza federal Jaíza Fraxe. Ela publicou a nota-manifesto dos procuradores da República em seu Facebook e declarou: “Meu respeito e agradecimento à Associação Nacional dos Procuradores da República”.

“A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) como entidade defensora da independência funcional, tanto no âmbito do Ministério Público Federal quanto do Judiciário, vem a público repudiar qualquer tentativa de desqualificar os juízes que integram o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM)”, diz a entidade.

Eles qualificam de “críticas de cunho político” os ataques que vêm sofrendo os juízes do TRE e manifestam-se: “Os procuradores da República confiam integralmente nos juízes federais que compõem a Justiça Eleitoral do Amazonas no TRE-AM, em especial, na magistrada Jaíza maria Pinto Fraxe, que tem atuado sempre com zelo o estrito cumprimento da lei”. A nota está assinada pelo Procurador Regional da República e presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti.

Nota Jaiza Fraxe