Produção industrial do Amazonas registrou o segundo pior desempenho do país em fevereiro

A produção industrial do Amazonas registrou, em fevereiro queda de 5,9% frente ao mês anterior, apontou os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgados nessa quarta-feira (11). Com o indicador, o Estado apresentou o segundo pior desempenho do país, ficando atrás apenas do Pará (-10,9). A média nacional foi de 0,2%.

Por outro lado, na comparação com fevereiro de 2016, o setor industrial amazonense teve a maior alta do país, com 16,2%, impulsionada, principalmente, pelos setores de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos; de outros equipamentos de transporte; e de bebidas.

Segundo o IBGE, outro indicador positivo do Amazonas foi registrado no acumulado do ano, onde o Estado avançou 24,5%, considerado também o melhor desempenho entre os quinze locais pesquisados. Esse índice é acima da indústria nacional, que assinalou alta de 4,3% no período. Devido a alta regional, o índice de média trimestral assinalou variação de 9,2%. Já a expansão nos últimos doze meses chegou a 6,9%.