Professora do curso de Jornalismo da Ufam, Conceição Derzi morre aos 72 anos em Manaus

A professora Conceição Derzi foi filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT) e era atuante em defesa de movimentos sociais

professora derzi

Foto: Reprodução/Facebook

A jornalista Conceição Derzi, professora do curso de Jornalismo da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), morreu nesta quinta-feira (10) aos 72 anos, em Manaus, vítima da Covid-19. O falecimento da educadora foi confirmado pelo diretor da Faculdade de Informação e Comunicação da Universidade, Allan Rodrigues.

Em nota, Allan lamentou a morte da professora Conceição Derzi e reconheceu a contribuição da educadora para o curso de jornalismo da Ufam.

“Lamentamos profundamente o falecimento da professora Maria da Conceição de Lima Derzi. Ela atuou por mais de 30 anos no ensino público superior na UFAM e ajudou a formar várias gerações de comunicadores. Sua contribuição foi inestimável para nossa instituição”, disse.

Conceição Derzi trabalhava como professora desde os anos 1980, contribuindo na formação de vários profissionais do Jornalismo e das Relações Públicas. A educadora foi filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT) e era atuante em defesa de movimentos sociais, como a causa feminista e LGBTQIA+.

Ex-companheiro de trabalho de Conceição Derzi, o professor aposentado do curso de Jornalismo da Ufam, Antonio José Vale da Costa (Tomzé), contou que teve o privilégio de ser também seu professor.

“Desde aquela época, ela já demonstrava sua indignação com os rumos da ditadura no país, sendo uma líder na criação do Centro Acadêmico de Comunicação Social, o Cucos”, lembrou.

Até o momento não foi divulgado o horário do velório e sepultamento da professora.