Professores aposentados do interior reivindicam perdas salariais

O deputado estadual Luiz Castro (Rede), recebeu nessa quinta-feira (2), os professoras aposentadas do município de Parintins, vinculadas à Secretaria de Estado da Educação (Seduc). Na ocasião, os magistrados estaduais entregaram uma carta de reivindicações ao parlamentar, fruto da mobilização dos aposentados e pensionistas, na luta para resgatar os direitos que estão sendo retirados dos seus salários.

Dentre as reivindicações apresentadas pelo movimento estão a manutenção do contra-cheque com reajuste da gratificação de localidade para o interior, com o devido ressarcimento aos que foram retirados; Reajuste do pagamento integral do adicional de tempo de serviço; Plano de saúde, Auxílio medicamento; Junta médica nos polos e auxílio alimentação.

Consta ainda, a gratificação de 50% da regência de classe; 10% na aposentadoria dos profissionais de educação especial; Participação nas sobras dos recursos do Fundef e Fundeb; Isenção da taxa de Previdência no processo de aposentadoria; Avaliação do PCCR e do Estatuto do Magistério a cada quatro anos com a participação de professores, administrativos, representantes do interior, aposentados e delegados do Sinteam.

Durante a reunião, Luiz Castro garantiu apoio ao movimento e se comprometeu em encaminhar uma indicação ao secretário de educação, Lourenço Braga, relatando a situação em favor de um compromisso que assegure os direitos.

Atualmente o movimento é representado por uma comissão organizadora integrada por 13 professoras aposentadas. Em Manaus, a representação é por conta da professora Keyla Nogueira, que participa das discussões e decisões, na Comissão Estadual de Reformulação do PCCR e do Estatuto do Magistério, determinada pela Seduc.

Com informações da assessoria do deputado