Professores preparam ações para paralisação nacional da categoria

cartaz e professores

professoresEm nota enviada ao Radar, os professores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Secretaria Municipal de Educação (Semed) anunciam que, “esse ano a campanha salarial dos professores da SEDUC e da SEMED terá uma intensidade maior”. Segundo eles, os professores estão vivendo um período de arrocho salarial que exige uma mobilização intensa de toda a sociedade.

Quem assina a nota pública são “os movimentos de oposição a gestão do PC do B no Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam)” que, em reunião realizada na tarde de sábado, no Centro de Convivência da Família, na Cidade Nova, organizaram os três dias da paralisação nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

Eles marcaram para o dia 15 de março um Seminário para falar sobre data-base(lei que garante o reajuste salarial), estágio probatório, gestão democrática da escola, organização dos movimentos dos professores e o Plano de Cargos Carreira e Salários.

No dia 16 de março será o dia de ocupação nas escolas. Toda a categoria foi convidada a dar aula de cidadania dentro da escola para os estudantes e incentivá-los a participarem da luta pela democratização da escola. E, no dia17, ocorrerá um grande ato público!.

Movimentos que participam das atividades:

#vempraruapelaeducacao
#professoresunificados
#lutaeducador
#mlpm
#movitte