Programa “Assembleia Viva” visita instituições beneficentes de Manaus

Assistentes sociais que integram o programa ‘Assembleia Viva’ da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) visitaram, nesta terça-feira (19), três instituições beneficentes que solicitaram apoio do Programa Assembleia Viva.

A equipe esteve na Associação de Capoeira do Amazonas, localizada no bairro São José Operário II, Zona Leste de Manaus; Instituto Renascer – Maria Rebeca, localizado na Comunidade Novo Reino II, bairro Tancredo Neves, Zona Leste; e União dos Escoteiros do Brasil – 1º Grupo de Escoteiros Murilo Braga, bairro Novo Aleixo, Zona Norte.

O programa Assembleia Viva é mantido através da doação voluntária dos servidores da Aleam, a partir de autorização prévia para desconto em folha de pagamento, e o valor total é destinado para beneficiar instituições filantrópicas que atuam em favor da assistência social, cidadania, saúde e promoção de atividades culturais e de lazer.

De acordo com a gerente de Assistência Social dos Inativos, Maiza Alfaia, que coordenou as visitas, as instituições enviam ofício para a presidente do programa, Karina Brilhante, solicitando doações de itens ou produtos que necessitam. Com os ofícios em mãos, a equipe de assistência social agenda uma ida aos locais para verificar os objetivos e a real necessidade dessas associações.

“Depois dessa visitação, nossos técnicos produzem um relatório detalhando todos os pontos, e até mesmo sugerindo o que entendem como sendo os itens mais essenciais e podem vir a ser doados de fato”, descreveu Alfaia.

O relatório é submetido à análise e aprovação da Comissão, formada por 20 servidores, que representa o Programa Assembleia Viva.

(*) Com informações da Aleam