Programa Luz Para Todos será retomado em Manacapuru

As comunidades ribeirinhas do município de Manacapuru (distante a 84 km de Manaus) receberão a retomada do programa Luz Para Todos, do Governo Federal. O assunto foi discutido pela deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB), em seu pronunciamento na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nessa quarta-feira (11).

A área que compreende a Costa do Cabaleana, Paraná do Cabaleana, Ilha do Marrecão e comunidades próximas serão beneficiadas pelo programa que leva energia elétrica para os moradores dos lugares mais distantes.

De acordo com a deputada, a cobrança constante pela continuidade das ações governamentais na área de eletrificação rural é uma das bandeiras do seu mandato em 2015.

“São áreas que eu conheço, terra onde eu já coloquei meus pés, onde eu já pisei e já estive com as pessoas, então é com muita alegria que eu falo do início das obras dessa fase que está faltando em Manacapuru. Então, vai ficar faltando muito pouco depois disso”, informou a deputada Alessandra.

Luz Para Todos

O Programa Nacional de Eletrificação Rural foi instituído pelo Decreto nº 4.873, de 11 de novembro de 2003, e foi destinado a propiciar, até o ano de 2008, o atendimento em energia elétrica à parcela da população do meio rural brasileiro que ainda não tivesse acesso a esse serviço público.

O Programa foi concebido para garantir o desenvolvimento e inclusão social, pois, conforme os dados apresentados pelo Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aproximadamente dez milhões de brasileiros viviam, no meio rural, sem acesso a luz elétrica.

O Decreto nº 7.520, de 8 de julho de 2011, instituiu o Programa para o período de 2011 a 2014, sendo prorrogado em 2014 até o ano de 2018 e, mais recentemente, prorrogado até o ano de 2022.

No Amazonas, a implantação do programa na área de concessão da Amazonas Energia teve por meta prover acesso à energia elétrica a 144.093 novos domicílios no meio rural baseado no levantamento do IBGE através do Censo 2000 dos domicílios sem energia elétrica na zona rural do Estado.

Comunidades beneficiadas

Nossa Senhora Aparecida/Costa do Cabaleana, São Francisco das Chagas/Costa do Cabaleana, Monte Ararate/Costa do Cabaleana, Cristo a Única Esperança/Paraná do Cabaleana, Cristo Salvador/Paraná do Cabaleana, São Sebastião/Ilha do Marrecão, Monte Sinai/Ilha do Marrecão, Bom Jesus/Ilha do Marrecão, Betânia/Ilha do Marrecão, São José Lago do Boné/Ilha do Marrecão e Nova Esperança/Ilha do Supiá.

(*) Com informações da assessoria da deputada