Projeto de escola municipal vence Prêmio Nacional Ozires Silva

O projeto ‘Educação de Qualidade, Responsabilidade de Todos’, desenvolvido na Escola Municipal Antônio Matias Fernandes, no bairro da União, zona Centro-Sul, e idealizado pelo gestor da unidade Rodrigo Froes, venceu o Prêmio Nacional Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável. A cerimônia de premiação aconteceu na noite dessa quarta-feira (7), em Curitiba (PR).

Essa foi a primeira vez que uma escola da Secretaria Municipal de Educação (Semed) venceu a premiação, realizada pelo Instituto Superior de Administração e Economia (Isae/FGV), com patrocínio do Sebrae Paraná, da Itaipu Binacional, da Sanepar e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). A escola municipal participou na categoria Educação.

Ao todo foram apresentados 80 projetos desde a primeira fase do concurso. Na segunda, foram 40 projetos finalistas, de várias regiões do país, mostrando nas apresentações suas ideias de empreendimentos sustentáveis desenvolvidos nas categorias Ambiental, Econômica, Social e Educação.

A premiação buscou reconhecer projetos de empresas, pessoa física e estudantes, que pudessem ser referência para o desenvolvimento sustentável da região em que estão inseridos e do país, promovendo impactos positivos na sociedade.

Novamente premiado nacionalmente, o gestor Rodrigo Froes – que em 2016 recebeu o prêmio Educador Nota Dez, pela Fundação Victor Civita (FVC) e o melhor gestor do país pelas Fundações Roberto Marinho, Victor Civita e Lemann – falou sobre trazer mais um reconhecimento para a rede pública municipal de ensino e agradeceu ao apoio recebido.

“Agradeço a Prefeitura Municipal de Manaus, a Semed, a Uniasselvi Instituto Cosmos e as pessoas que acreditaram neste projeto. Divido esta honraria com toda equipe de trabalho da Escola Municipal Antônio Matias Fernandes”, declarou.

Projeto

O projeto vencedor busca trabalhar uma gestão democrática, envolvendo todos os funcionários da escola, a fim de promover a articulação entre os diferentes segmentos da unidade e valorizar o potencial dos professores, funcionários, alunos e pais. Entre as atividades do projeto estão palestras, atendimento de saúde bucal, construção de uma horta suspensa, reforço escolar, tendo o apoio da família e intermediação do conselho tutelar.

Segundo o gestor, a conquista demonstra que é possível fazer educação de qualidade nas escolas públicas de Manaus a partir do esforço e da determinação de todos os personagens que trabalham no processo de ensino como educadores e demais funcionários.

Foto: Divulgação/Semed