Projeto de Lei que tramita na Aleam prevê Programa Estadual de Tratamento da Endometriose

O projeto é de autoria do deputado Roberto Cidade

motoristas audiência

Foto: Divulgação

Com o objetivo de promover uma campanha de informações sobre Endometriose, assim como a montagem de um centro de referência para tratamento da doença, está tramitando na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) o Projeto de Lei 466/2021, que propõe a criação do Programa Estadual de Tratamento da Endometriose.

De acordo com a proposta, de autoria do deputado Roberto Cidade (PV), o sistema público de saúde deve realizar avaliações médicas periódicas, exames clínicos e laboratoriais, assim como campanhas anuais de orientação, detecção precoce e tratamento da endometriose em todos os municípios do Amazonas.

Segundo dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a endometriose atinge cerca de 10% das mulheres brasileiras e o diagnóstico quase sempre é tardio, o que acaba culminando na necessidade de intervenção cirúrgica.

“A doença afeta mais de seis milhões de mulheres no Brasil e 176 milhões no mundo. Neste ano, a OMS (Organização Mundial da Saúde) reconheceu a endometriose como um problema de saúde pública, logo, nosso projeto atende a uma orientação internacional. A ideia é promover um diagnóstico precoce e um atendimento especializado às mulheres que têm a doença no Amazonas”, afirmou.

Foto: divulgação

O PL prevê, também, a possibilidade do Governo estabelecer cooperação técnica com a rede de saúde privada para a realização dos exames e treinamentos necessários, bem como convênios entre órgãos públicos e entidades da sociedade civil, a fim de produzir trabalhos conjuntos sobre uma doença e, por fim, a criação do Centro de Referência de Tratamento da Endometriose no Estado do Amazonas.

Endometriose

Foto: ilustrativa

 

 

A endometriose é uma condição na qual a mucosa que reveste a parede interna do útero, chamada de endométrio, cresce em outras regiões do corpo, normalmente na região pélvica fora do útero, incluindo os ovários, intestino, reto, bexiga, nervos e peritônio.

Alguns sintomas da endometriose são: dores na menstruação, infertilidade e dores nas relações sexuais.

Pesquisa desenvolvida pela Sociedade Brasileira de Endometriose e Ginecologia Minimamente Invasiva demonstrou que a doença é responsável por 40% dos casos de infertilidade em todo o País.

(*) Com informações da assessoria