Projeto incentiva parcerias para adoção de praças em Manaus

Com o objeto de revitalizar jardins em canteiros, praças e parques, a Prefeitura de Manaus está buscando ampliar o programa de ‘Adoção de Praças’, que permite que empresas ou pessoas físicas possam realizar restaurações e em logradouros públicos, além de assumirem a respectiva manutenção, tudo nos termos do decreto nº 3.280, de 24/02/2016, publicado no Diário Oficial do Município (DOM).

Como contrapartida, a empresa participante poderá utilizar os mesmos espaços para fazer a própria publicidade, de acordo com o que está previsto na Lei Orgânica do Município de Manaus (Loman).

É o caso da empresa Manaus Ambiental, que adotou recentemente o Parque da Juventude Domingos Sávio, na área verde do Conjunto Rio Xingu, bairro Compensa, zona Oeste, a construtora MRV, que adotou o canteiro central, no Planalto, zona Centro-Oeste. A empresa também fará a revitalização da Praça das Flores, no mesmo bairro, que será adotada pela Associação dos Moradores do Conjunto Flamanal.

A imobiliária Lauschner Negócios fará a revitalização e adoção da Praça Santos Dumont, no Centro. Até o final deste ano, mais cinco espaços públicos deverão ser adotados por meio de parcerias entre a iniciativa privada e a Prefeitura.

O empresário ou associação interessada na adoção de logradouros públicos, deve procurar a sede da Secretaria municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos, localizada na rua São Luiz, 2º andar, Adrianópolis, solicitando a adoção de praça ou logradouro que será feita toda a orientação necessária para que seja firmada a parceria.

O programa é uma ação conjunta entre as Semppe, Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Limpeza Urbana (Semulsp), Infraestrutura (Seminf), Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e Procuradoria do Município (PGM).

Parques

Os parques da juventude em área verde são espaços públicos protegidos que também podem ser contemplados. Recentemente, o prefeito Arthur Neto fez a entrega do Parque da Juventude Domingos Sávio, na área verde do Conjunto Rio Xingu, na Compensa. O local já foi adotado pela concessionária Manaus Ambiental.

Outros quatro parques da juventude em área verde, que podem ser adotados são os dos conjuntos Campo Dourado, na Cidade Nova; dois no Loteamento Águas Claras, no Novo Aleixo, e no Conjunto Castelo Branco 2, no Parque Dez.

A Semmas também é responsável pela gestão dos parques urbanos Ponte dos Bilhares (São Geraldo) e Lagoa Senador Arthur Virgilio Filho (Japiim), além das unidades de conservação nas categorias parque (Mindu e Nascentes do Mindu), Refúgio da Vida Silvestre (Sauim Castanheiras) e Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé.