Projeto universitário aborda temática da covid-19 no contexto amazônico

Indígenas Ianomâmis com máscaras de proteção facial
REUTERS/Adriano Machado

O Programa Institucional de Bolsas de Extensão (PIBEX) “Webtalks: enfrentamento da covid-19 no contexto Amazônico” vinculado a Escola de Enfermagem de Manaus (EEM/Ufam), proposto pelo Grupo de Ensino e Pesquisa de Enfermagem na Saúde do Adulto e Alta Complexidade no Amazonas (GEESAAC), realizará encontros virtuais nos meses de outubro e novembro voltados para estudantes e profissionais de saúde. O primeiro encontro será realizado nesta quarta-feira (28).

Realizado pelos discentes do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Amazonas, o projeto tem como objetivo contribuir cientificamente com a comunidade acadêmica e profissional trazendo informações atualizadas sobre a covid-19 e seu impacto na Saúde do Adulto e Alta Complexidade, através de encontros virtuais com palestrantes, construção de banco de dados de artigos científicos e acervo digital com material audiovisual e educativo. Coordenado pela professora Maria Francisca Souza Rodrigues, e vice coordenação da professora Priscilla Mendes Cordeiro, ambas da EEM, o projeto conta com a colaboração de docentes e discentes da Ufam e externos.

“Com a pandemia, precisamos sempre buscar informações atualizadas, seja para a prática profissional ou para os estudos, devemos prestar os cuidados baseados em evidência. Por isso tivemos a ideia de fazer esse projeto como uma fonte confiável e de fácil acesso para aprimorar o conhecimento sobre a COVID-19 na clínica e na alta complexidade, especialmente no cenário Amazônico, que chegou a ser epicentro da pandemia no país”, menciona Dailon Junior, um dos integrantes discentes do projeto de extensão.

O primeiro encontro virtual do projeto acontecerá no dia 28 de novembro, das 19h às 21h (horário de Manaus), pela plataforma Google Meet. A palestra on-line intitulada “Paciente Crítico com Injúria Renal Aguda induzida pela covid-19” contará com palestrantes vinculados a instituições de saúde e ensino do Estado de São Paulo e Rio de Janeiro, caracterizando o evento de nível nacional.

A ação é em parceria com o Grupo de Estudo e Pesquisa em Enfermagem na Saúde do Adulto e Alta Complexidade no Amazonas, ao qual o projeto está vinculado.

(*) Informações da assessoria