Projetos de Braga e Vanessa que sustam decreto de Temer serão debatidos na CCJ do Senado

Foto: Vagner Carvalho

Projetos de Decreto Legislativo dos senadores Eduardo Braga (MDB) e Vanessa Grazziotin (PC do B) serão debatidos na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado – mais importante colegiado da Casa – nesta terça-feira (19). Os projetos sustam os efeitos do decreto presidencial 9.394/2018, editado pelo presidente Michel Temer (MDB) no fim de maio, que reduziu de 20% para 4% a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre os concentrados de bebidas não alcoólicas, trazendo sérios prejuízos para este setor do Polo Industrial de Manaus (PIM) e pondo em risco milhares de empregos diretos e indiretos, inclusive no interior do Estado.

A audiência, realizada a pedido da senadora Ana Amélia (PP/RS), contará com a participação do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia; do secretário de acompanhamento fiscal, energia e loteria do Ministério da Fazenda, Alexandre da Silva; do secretário da Receita Federal, Jorge Rachid; do coordenador-geral de tributação da Receita Federal, Fernando Mombelli, e do superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Appio Tolentino.

Estarão também no debate o presidente da Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil (Afebras), Fernando Bairros, e o diretor-presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcoólicas (Abir), Fernando Pinheiro. Além deles, participará a doutora em nutrição em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), Ana Paula Bortoletto.

Com informações da assessoria de imprensa