PSC, partido ligado a Assembleia de Deus de Silas Câmara se rebela e deve abandonar as hostes de Melo nas próximas horas

Presidente Regional do PSC, deputado estadual Francisco Souza

Pelas informações que chegam ao Radar, até a próxima segunda-feira (30), prazo limite para a realização das convenções partidárias, várias reviravoltas políticas nas definições de apoio aos candidatos majoritários devem acontecer. Uma delas acabou de ser anunciada ao Radar com informações que já dão a mudança como certa. O Partido Social Cristão (PSC) estaria de saída do grupo de partidos aliados que têm como candidato o governador José Melo. A sigla tem como presidente regional o deputado estadual, Francisco Souza, membro da Assembleia de Deus do deputado federal Silas Câmara (PSD de Omar), um dos apoiadores de Melo e um dos articuladores da ida do partido para as hostes políticas do governador. Francisco Souza, por motivo ainda não revelado, teria se “rebelado” com Silas Câmara, e já teria inclusive a autorização da direção nacional do partido para determinar a saída da sigla do arco de alianças de Melo. O PSC é o partido do candidato à Presidência da República pastor Everaldo, também da Assembleia de Deus. Na vinda do pastor Everaldo a Manaus, o governador José Melo anunciou publicamente que ele teria dado apoio à sua candidatura. (Any Margareth)