Publicitário tira foto com ladrão após filmar furto ao próprio carro

ladrao-foto-publicitário

Um publicitário de 27 anos viveu uma experiência arriscada ao testemunhar, pela janela do trabalho, o furto a uma roda e ao estepe do próprio carro na área central de Brasília: ele desceu para questionar os cinco ladrões e, na tentativa de rendê-los após a fuga, acabou agarrando e tirando foto de um deles com um amigo que o ajudou antes da chegada da polícia. A movimentação foi filmada por colegas, que acompanharam a ação. O crime aconteceu no início da tarde desta segunda-feira (14), na quadra 5 do Setor Comercial Norte. Apesar do ocorrido, a Secretaria de Segurança Pública recomenda que as pessoas nunca reajam a situações do tipo.

O flagrante aconteceu por acaso. O homem, que não quis se identificar, almoçava em frente à janela, como faz todos os dias, quando viu uma movimentação estranha perto do automóvel. “Sempre olho para identificar meu carro no estacionamento e vi outro atrás, com uma pessoa dentro, e outras quatro em torno do meu. Só que elas não estavam saindo, estavam mexendo nas rodas.”

Sem pensar, o publicitário decidiu pegar a chave do veículo e descer para abordar o grupo. Ele diz que encontrou um deles no chão, se preparando para tirar uma das rodas. Neste momento, os ladrões já tinham retirado um dos itens e o estepe. A vítima decidiu então confrontá-los.

“Olhei bem para ele e perguntei o que era aquilo. Ele negou, disse que não sabia de nada e começou a correr. Os cinco caras correram. Corri também e, quando olhei para trás, meus colegas também estavam correndo”, lembra. “Identifiquei um deles como sendo um rapaz que sempre se oferece para lavar o meu carro.”

De acordo com a vítima, quatro suspeitos fugiram. O quinto foi rendido pelo grupo, que decidiu segurá-lo até a chegada da polícia. O publicitário afirma que os militares levaram 40 minutos para ir ao local. A corporação não comentou a demora, mas disse que faz patrulhamento constante na região e que planeja ampliar as ações de segurança.

Fonte: G1