Quase um ano depois, moradores de Mariana aguardam por justiça

moradores-mariana-capa

Quase um anos após rompimento de barragem que tirou Bento Rodrigues do mapa, os moradores ainda aguardam por justiça. O povoado foi totalmente destruído pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais, no dia 5 de novembro de 2015.

Há quatro meses, a Polícia Federal concluiu o inquérito do acidente, porém a investigação está parada no Ministério Público. O prazo para envio da denúncia, que é de quinze dias, já passou, mas o Superior Tribunal Federal considera que o atraso não terá consequências no processo.

Em mais de 500 páginas, a Polícia Federal afirma que executivos da empresa Samarco sabiam que a barragem estava por um fio.

Segundo matéria da Rede Record, a Procuradoria da República informou em nota que a demora ocorre devido à necessidade de completar a investigação.

Fonte: Notícias ao Minuto