Que ser é esse?

mae 12

Que ser é esse capaz de mudar toda uma vida por causa de outra? Que não sente sono, enquanto o outro não dorme. Que chega a desejar a dor, para que outro não a sinta. Que ser estranho é esse que não tem medo de nada, se o outro precisa estar seguro. Que não tem fome enquanto o outro não come. Que se alimenta de sorrisos e afagos. Que canta e dança quando o outro está feliz!

Que ser mágico é esse que é capaz de tirar montanhas do caminho só pro outro passar. Que é capaz de fazer flores nascerem no lodo pra perfumar os caminhos do outro. Que consegue “matar” o monstros que se escondem debaixo da cama, ou nos escuros dos armários. Que consegue povoar a vida com princesas, principes, fadas e duendes, só pro outro enxergar a fantasia de um mundo melhor.

Que ser é esse que nem a ciência consegue explicar, porque ele silencia, quando a anatomia humana diz que ele deveria gritar. Por que fica de pé, mesmo quando as leis da física dizem que ele deveria cair? Como consegue sorrir, quando as reações metabólicas fazem sangrar as mãos de tanto trabalhar. Como ele se aquece de sentimentos e a termometria diz que ele está morrendo de frio. Como não sente nada e sente tudo ao mesmo tempo. Talvez, só a fé tenha uma explicação pra tal ser, ao dizer que seu amor é a semelhança do amor de Deus pelos homens, capaz de dar seu filho ao sacrifício para que a humanidade fosse livre de todo o mal. E, deve ter razão mais ainda os poetas que lembraram que Deus, a força que move o universo, tem nome tão pequeno (quatro letras) quanto a este ser indescritível, “Mãe”, três pequenas letras para um amor do tamanho do “Mundo”!  (Any Margareth)