Queimadas já consumiram 12% do Pantanal e tendência é piorar

blank

Foto: Reprodução

O fogo que atinge o Pantanal mato-grossense já está no Parque Estadual Encontro das Águas, localizado na região de Porto Jofre, na cidade de Poconé (distante 102 km de Cuiabá). Segundo o governo de Mato Grosso, a localidade é conhecida por deter a maior concentração de onças-pintadas do mundo.

Turistas do país e do exterior procuram o parque para fazer a observação de onças-pintadas durante passeios de barco.

O incêndio, que começou há semanas, era combatido por funcionários de pousadas e moradores locais. No mês passado uma onça invadiu várias casas de moradores do Pantanal depois que teve seu habitat destruído pelas queimadas na região.

Ela foi resgatada e transferida para o Instituto de Preservação e Defesa dos Felídeos da Fauna Silvestre do Brasil em Processo de Extinção (NEX), em Corumbá de Goiás, na região nordeste do estado,

Agora, o Corpo de Bombeiros Militar reforçou o combate ao incêndio na manhã desta terça-feira (8) com mais duas equipes diretamente para o parque. Outros 46 bombeiros já estão diretamente empregados no combate aos focos de calor na região do Pantanal.

As guarnições foram enviadas com o objetivo de controlar as chamas ativas na região Leste do parque, conhecido por reunir na localidade a maior concentração de onças-pintadas do mundo.

Também têm sido priorizadas a proteção de regiões de pousadas, fazendas, a região Norte do Parque Encontro das Águas, e a proteção das mais de 140 pontes presentes na Transpantaneira, explica o tenente coronel bombeiro militar Dércio Santos da Silva, coordenador do Comitê Temporário Integrado Multiagências de Coordenação Operacional de MT (Ciman/MT).

Para a proteção das pontes de madeira da Transpantaneira, foi enviado um veículo especializado para atuar nas cabeceiras das pontes e evitar que regiões fiquem isoladas.

Fazendeiros da região disponibilizaram maquinários, pipas e tratores para emprego no combate e controle do incêndio dentro do Parque Estadual.

O parque

O Parque Estadual ‘Encontro das Águas’ está localizado no encontro dos rios Cuiabá e Piquiri, na região de Porto Jofre, entre Poconé e Barão de Melgaço, municípios a 104 e 121 km de Cuiabá. A reserva tem 108 mil hectares e se pode ver a exuberância do Pantanal bem de perto.

Os visitantes observam o animal de longe durante passeios de barco em rios do Pantanal.

O melhor período para observar a onça é entre julho e final de setembro, período da seca. Nesses meses as onças ficam mais próximas das margens dos rios em busca de água e caça, então, é mais fácil de deparar com o animal

Moradores locais atingidos pelo fogo

O Corpo de Bombeiros resgatou nove pessoas que estavam em risco por conta dos incêndios que atingem o Pantanal. A casa de palha que abriga duas mulheres e sete crianças na região ribeirinha de Porto Jofre, em Poconé, foi cercada pelo fogo na segunda-feira (7).

A ação contou com o apoio de militares e brigadistas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), para o contra fogo, com o objetivo de evitar que o incêndio destrua as moradias.

Operação Pantanal II

A operação foi deflagrada no dia 7 de agosto, e desde então empenha esforços para proteção da maior planície alagável do mundo. Há hoje 122 homens atuando diretamente no combate ao fogo do Pantanal mato-grossense. Entre eles há militares do CBMMT, policiais militares da Sesp, servidores da Sema, Corpo de Bombeiros de MS, militares da Marinha do Brasil, do ICMBio e do IBAMA. Estão sendo empregadas ainda cinco aeronaves disponibilizadas pelo ICMBio, Sesc e Marinha.