Anúncio Advertisement

R10 quer repetir gol-relâmpago da semi para levar Atlético-MG ao título

ronaldinho coletiva

O Atlético-MG precisa abrir uma vantagem de no mínimo dois gols para evitar o título do Olimpia no tempo normal da final da Libertadores, hoje às 21 horas no Mineirão . Situação idêntica à que viveu na semifinal, quando também perdeu o primeiro jogo por 2 a 0, daquela vez para o Newell’s. Para repetir o resultado, Ronaldinho Gaúcho quer repetir a receita: um gol logo no início.

Há duas semanas, Bernard, após passe de R10, abriu o placar com três minutos de jogo, e resolveu metade do problema do Galo. O segundo gol veio já no fim, após um apagão no estádio e substituições de Cuca, que colocou Guilherme, o herói da noite.

Dessa vez, já que o gol fora de casa não tem peso, os brasileiros precisam abrir dois gols em qualquer circunstância, mesmo se forem vazados no Mineirão. Mas Ronaldinho nem quer pensar nisso.

– Esse é nosso objetivo. Contra o Newell’s fizemos um gol logo no início. Temos de sair pra cima, e fazer o gol logo de cara.

O temor no Atlético é de que o gol demore a sair, deixe a torcida nervosa, e o clima de ansiedade atrapalhe os jogadores em campo. É diferente jogar sabendo que precisa fazer dois gols. Cuca trabalhou isso com o grupo durante a semana. Pediu que tenham paciência, não se afobem em circunstância alguma.

O ataque do Galo, que passou em branco em Assunção, é um trunfo para cumprir a meta de diminuir a vantagem paraguaia rapidamente. Jô e Diego Tardelli são os artilheiros da Libertadores, ao lado de Scocco, com seis gols. Ronaldinho tem quatro, e Bernard está de volta ao time depois de cumprir suspensão.

A tarefa será vencer a retranca do Olimpia. Todos esperam um time muito defensivo, com uma linha de até cinco jogadores à frente do goleiro.

– Acho que vai ser bom, vai ser um ataque contra defesa se eles ficarem se defendendo. Vamos precisar ter atenção com os contra-ataques, e buscar o gol desde o primeiro minuto – disse o Gaúcho, que sonha, mas não prioriza ser o autor do gol.

– Quero ajudar com um bom passe, que tudo dê certo para o Atlético. Sempre coloco o grupo antes de tudo.

Fonte: GE