Radar capta informações e fotos de denunciados à CPI da Pedofilia como novos “agenciadores” de meninas em Coari

ELIAS SANTOS

Ontem, em matéria veiculada no jornal da Band e no programa Brasil Urgente, da mesma emissora, uma menina de 12 anos confirmou seu depoimento à CPI da Câmara Federal que investiga a exploração sexual de crianças e adolescentes no País e que passou dois dias em Coari, 8 e 9 de julho, apurando novas denúncias  de abuso sexual de menores pelo prefeito da cidade, Adail Pinheiro. A menor contou que teria passado por tentativas de aliciamento, com proposta financeira para fazer “favores” sexuais ao prefeito e disse no ar o nome do contato, repetindo aquilo que denunciou às parlamentares federais que compõem a comissão,  Érika kokay (presidente) e a Liliam Sá (relatora). Os nomes que surgiram não só no depoimento da garota, como em outros depoimentos prestados à CPI, segundo informações apuradas pelo Radar junto aos membros da comissão que participaram das diligências em Coari, foram os de Elias Nascimento dos Santos e Anselmo Nascimento dos Santos. Segundo informações levantadas pelo Radar, os dois são irmãos,  e primos de primeiro grau de ninguém menos que Maria Lândia Rodrigues dos Santos, denunciada pelo Ministério Público e indiciada pela Polícia Federal , em 2008, como agenciadora de menores na rede de exploração sexual de crianças e adolescentes que existia em Coari. Na época, Lândia ocupava o cargo de Secretária de Assistência Social do município. Maria Lândia agora é secretária-adjunta de Meio Ambiente e Turismo, nomeada após Adail Pinheiro ter voltado à Prefeitura de Coari. Ela deixou Coari assim que soube da ida da CPI ao município. Segundo a notícia veicula pela Band, ontem, Elias dos Santos, o primo de Lândia, estaria ocupando o cargo de secretário-adjunto de Governo em Coari. Segundo informações repassadas por jornalistas de Coari, Elias praticamente mora na Casa do prefeito Adail Pinheiro, cumprindo a função de caseiro, e dificilmente é visto em locais públicos, tendo  uma rotina mais retirada, não sendo afeito a fotos e exposições públicas. Mas, os repórteres de Coari conseguiram captar uma foto de Elias na manifestação a favor do prefeito e contra a presença da CPI no município (na foto acima, de camisa rosa, óculos escuros, mão para cima, atrás da moça de blusa amarela). Seu irmão, outro denunciado em depoimentos, também primo de Lândia, Anselmo, faz as funções de segurança e  motorista de Adail, muitas vezes visto com meninas dentro do carro do prefeito circulando pela cidade. As últimas informações repassadas por membros da CPI da Câmara Federal ao Radar é de que eles serão notificados para prestar depoimento à comissão, junto com o prefeito Adail Pinheiro.