Radar traduziu o juridiquês: liminar suspende eleição direta e até cassação de Melo

Mesmo a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, estando em lugar não sabido e não encontrado, apenas o denominado “espelho” da decisão de sua excelência que estava publicado, na noite dessa quarta-feira (28), no site do Supremo Tribunal Federal (STF) já deixava claro – pra quem consegue traduzir o juridiquês, uma língua criada pro Zé Povinho não entender nada – que o ministro tinha decidido “suspender o cumprimento do acordão” do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ou seja, ele suspendeu o acórdão como um todo e não só parcialmente, o que significa dizer que ele suspende não só eleições diretas, mas até mesmo a decisão do julgamento que cassou o governador e seu vice, que também fazia parte do acordão. Segundo o ministro, os dois se mantêm em seus respectivos cargos até o julgamento de uns tais embargos de declaração que – traduzindo – nada mais significam do que recursos que fazem os processos se arrastarem a passo de tartaruga e os advogados ganharem milhões que a gente não sabe de onde os clientes tiram – quer dizer, saber a gente sabe, só não pode dizer senão acaba sendo processado.

Esses fatos vêm a ser confirmados pela decisão do ministro que só foi divulgada nesta quinta-feira (29) – ver decisão no final da matéria.

O nosso Radar, na noite de ontem, quase fica louco, fazendo barulho aqui na nossa cabeça, com tanta gente mandando e-mail e mensagens de Whatsapp, desmentindo a matéria de tudo que é jeito. E era um samba do crioulo doido que embolava eleição indireta, e o PTN de Abdala Fraxe que nem faz parte dessa respectiva medida cautelar, e ainda a permanência ou não do governador interino Davi Almeida e mais um monte de divagações provocadas por um ministro que decide sozinho que sabe mais do que toda uma corte (TSE). E que o Amazonas, em pleno processo de eleições diretas, deve parar tudo e fazer o que ele acha certo – e essa é a Justiça que diz que vai passar o País a limpo?

E, ainda bem, que a gente conseguiu traduzir o juridiquês direitinho pro caboclês, o que significa infelizmente escrever que o Lewandowski determina que o povo do Amazonas leve goela abaixo o Zé Melo e ponto final. (Any Margareth)