Rayssa Leal se nega a tirar fotos com políticos locais ao chegar em sua cidade natal, no Maranhão

Foto: JEFF PACHOUD / AFP

Rayssa Leal já está de volta às terras brasileiras e, ao chegar em sua cidade natal, teria supostamente se recusado a tirar fotos com políticos locais.

A skatista de apenas 13 anos conquistou uma medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio e voltou à Imperatriz, no Maranhão, nesta quarta-feira (28). Por meio das redes sociais, ela pediu aos fãs para que não comparecessem ao local já que o país ainda sofre com o risco da Covid-19.

Porém, segundo fontes da coluna a famosa ‘Fadinha’ teria negado aparecer em cliques com os políticos da cidade maranhense. Isso porque a jovem nunca foi ajudada em sua trajetória no skate pelos líderes do município.

O colunista ainda diz que pessoas próximas a Rayssa afirmaram que seu pai buscava auxílio na Secretaria de Esportes de Imperatriz com frequência, mas nunca recebeu resposta.

O prefeito da cidade Assis Ramos teria tentado organizar uma recepção à medalhista na pista de skate da região, mas levou um ‘não’ da família que, além de não comparecer à cerimônia, não queria vincular a imagem da pequena à política.

QUE HONRA

O nome da skatista Rayssa Leal já está rodando o mundo inteiro após sua conquista triunfal da medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio. Em comemoração ao prêmio, a ‘Fadinha’ ganhou uma homenagem belíssima do grande Rei Pelé.