Rebelião em Parintins: detentos mortos, ex-vereador João Bacú ferido e presos de alta periculosidade sendo trazidos para Manaus

presídio 2

Os traficantes e homicidas Cícero, China e Fion, esses dois últimos acusados de terem decapitado o preso Anibal Silva, estão sendo transferidos de Parintins para presidios em Manaus. Além de Anibal Silva também foi morto o detento Paulo Eliezer com várias estocadas pelo corpo e afundamento de cranio provocado por um instrumento semelhante a uma pedra pontiaguda. Essas informações foram repassadas ao Radar por uma fonte da Polícia Militar em Parintins. No total 134 presos, de uma lotação de 138, estão alojados nas salas da escola Senador João Bosco e no auditório, enquanto está sendo feita a limpeza no presidio. Após a limpeza, policiais militares farão nova vistoria na unidade prisional antes que os detentos voltem para as celas. O pavilhão da administração do presidio está completamente destruído. Além dos presos mortos, a informação é de que há dois presos no hospital, entre eles, o ex-vereador João Bacú, preso desde dezembro de 2013, acusado de integrar uma rede de prostituição infanto-juvenil em Parintins. (Any Margareth)