Rede de solidariedade arrecada cestas básicas para artistas durante a pandemia

Foto: Divulgação

Um grupo de artistas decidiu criar uma rede de solidariedade para arrecadação e distribuição de cestas básicas destinados a atores, cantores, técnicos de luz e som, e cenotécnicos que, tiveram sua renda afetada com o isolamento social causado pela pandemia da Covid-19.

O grupo, que é composto por  Paulo Marinho, Lucilene Castro, Rosa Malagueta, Márcia Siqueira, Ana Cláudia Motta e Zezinho Corrêa foi criado após terem conhecimento do real problema enfrentado pela classe. Eles mobilizaram outros artistas e uma das primeiras ações foi a criação de um clipe musical, onde os artistas sensibilizaram seus seguidores nas redes sociais para a entrega de alimentos não perecíveis.

Outra atividade foi a criação de um sistema de ‘drive thru’ no Teatro Amazonas para funcionar como ponto de coleta, onde não há necessidade de desembarque no carro.

“Neste ponto, basta chegar com as doações e informar que são destinadas aos artistas. Um parceiro recebe os produtos e destina ao armazenamento. Foi realizado um cadastro oficial pelo grupo e eles terão prioridade. Quem não tiver cadastro pode entrar em contato com o grupo e solicitar o apoio”, diz a cantora Lucilene Castro, uma das idealizadoras do projeto.

Também é possível realizar doações através da “Vakinha Virtual”, por meio do site www.alimentenossaarte.com.br e fazer a doação em dinheiro, a partir do valor de R$ 25,00.

Segundo o músico e diretor musical Paulo Marinho, idealizador do projeto, com os valores arrecadados serão adquiridos os produtos para a montagem da cesta básica.

“Vamos transformar as doações em alimentos para nossos colegas de profissão. Em breve, divulgaremos a prestação de conta do valor arrecado e o números de pessoas beneficiadas”, finalizou Marinho.

(*) Com informações da assessoria.