Rede elege nova executiva estadual anunciando fortalecimento de Marina Silva para presidente

Em nota enviada aos veículos de comunicação, a Rede Sustentabilidade do Amazonas, sigla da qual faz parte o deputado estadual Luiz castro, anunciou o resultado de dois dias de debates da III Conferência Estadual, realizada nesse final de semana. “A

Rede Sustentabilidade no Amazonas, renovou a sua direção com a escolha dos porta-vozes, a assistente social Bete Maciel e o professor Erick Nogueira. Em meio à discussão de ideias e teses, o partido alcançou consenso e se fortalece para a construção de um projeto político inovador para o Amazonas e para o Brasil”, diz a nota.

A abertura do encontro contou com a presença do vereador Chico Preto (PMN) e da presidente do PSOL, Pedrinha Lasmar, que ao lado do deputado Luiz Castro, sinalizaram com a possibilidade de alianças para 2018. O encontro reuniu a militância, lideranças partidárias do interior do Estado, ativistas sociais e ambientalistas.

Segundo as lideranças partidárias, a nova executiva estadual atuará pelos próximos dois anos e é composta por 28 membros, dos quais, a metade são mulheres, que terão papel importante no Grupo de Trabalho Eleitoral, que vai trabalhar as estratégias para as próximas eleições.

“A Rede apoiará as candidaturas cidadãs, com legitimidade nos segmentos sociais do Estado, bem como se empenhará na manutenção dos mandatos de seus parlamentares e fortalecerá a candidatura de Marina Silva para a presidência da República”, determina a direção do partido

Também foram escolhidas as Coordenações Executiva, Financeira, de Organização, de Comunicação e de Formação Política. Na Comissão de Ética atuarão as militantes Georgia Araújo, Muriel Saragoussi e Luciana Valente.

Como delegados ao congresso nacional da Rede, que será realizado em Brasília em 2018, foram escolhidos o deputado Luiz Castro, Muriel Saragoussi, Bete Maciel e Erick Nogueira.

O encontro contou ainda com a presença do coordenador nacional de organização da Rede, Tacius Fernandes.