Rede municipal apresenta avanço de 83,5% na taxa de aprovação de alunos

No 2º bimestre deste ano, os índices educacionais da rede municipal apontaram 83,5% de aprovação nas 367 unidades de ensino analisadas, de alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental. Com isso, a Prefeitura de Manaus espera fechar o ano com 94,1% dos alunos aprovados. Os números foram apresentados, nessa quinta-feira (9).

“São números significativos e é sempre uma satisfação enorme ver o avanço na nossa política educacional, com metas cada vez mais ambiciosas. O aumento na aprovação dos nossos alunos, significa que as ações pedagógicas estão dando resultado, refletindo em melhor processo de ensino/aprendizagem”, destaca o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Participaram da avaliação mais de 170 mil alunos matriculados, sendo aprovados 142,1 mil estudantes no 2º bimestre em toda rede. O destaque foi a DDZ Sul com 88,1% de estudantes aprovados, seguida da Oeste com 87,3%, Leste 1 com 84,7%, Leste 2 com 82,2%, Centro-Sul com 81,8%, Rural com 80,6% e Norte com 80,1%.

Os números mostram um crescimento deste ano, em relação ao 2º bimestre de 2015, de 3%. Em relação ao 1º bimestre deste ano, houve também um crescimento de 4,1%, pulando de 80,2% do primeiro, para 83,5% no 2º bimestre, ficando apenas 11,4% reprovados.

ADE

Na 1ª Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE), realizada em 359 escolas municipais da rede, com um total de 75.439 alunos matriculados nos 3º, 4º 6º e 8º ano do ensino fundamental, participaram 67.128 mil estudantes, com percentual de acertos de 59,8%. Os números mostraram apenas 38,5 % de erros na avaliação. O destaque foi a DDZ Sul com 90,9%, Leste 1 com 90,7%, Leste 2 com 89,8%, Oeste com 88,8%, Centro-Sul com 87,7%, Norte com 87,4% e Rural com 86,1%.

Os resultados do rendimento da rede municipal de ensino no 2º bimestre e as análises da 1ª Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE) foram apresentados durante “Painel Gerencial Pedagógico”, realizado no auditório Luiz Geraldo Pontes Teixeira, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), na zona Centro-Sul, pela equipe técnica da Gestão Integrada da Educação (Gide).

A reunião contou com a presença da secretária da Semed, Kátia Schweickardt; da subsecretaria de Gestão Educacional, Euzeni Trajano; além de chefes das Divisões Distritais Zonais (DDZs), gerentes pedagógicos das divisões e representantes da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) e do Centro Municipal Sociopsicopedagógico (Cemasp).