Renegociação de contratos aponta redução de quase R$ 730 mil/ano nos cofres da Câmara de Manaus

CMM

A renegociação dos valores dos contratos que a Câmara Municipal de Manaus (CMM) mantém com os fornecedores aponta para uma geração de economia de aproximadamente R$ 730 mil para o primeiro ano. Foi o que constatou a Diretoria Financeira da Casa Legislativa, ao iniciar o processo de ajuste dos contratos. Os extratos das primeiras reduções começaram a ser publicados nesta semana do Diário Oficial Eletrônico da CMM, disponível no site da instituição.

A medida foi um dos primeiros atos do presidente da Câmara, vereador Wilker Barreto (PHS), ao assumir o comando da Casa Legislativa em janeiro deste ano, quando editou o Ato da Presidência nº 072/2015, determinando a renegociação mínima de 10% sob os valores dos contratos de prestação de serviço. A iniciativa de Wilker visa a adoção de uma política de austeridade frente ao cenário econômico instável pelo qual passa o país.

“Determinei à Diretoria Financeira que chamasse os fornecedores e renegociasse os valores pagos, e isso foi plenamente cumprido. Foi uma renegociação de comum acordo. Buscamos a eficiência técnica dos contratos de forma que os serviços continuarão sendo realizados sem qualquer prejuízo para o funcionamento da Câmara”, destacou Wilker Barreto. Entre os serviços que tiveram os valores renegociados em, no mínimo, 10% estão os de locação de veículos, aluguel de copiadoras, manutenção de elevadores, climatização, confecção de impressos, entre outros.

As primeiras empresas que acordaram com a Câmara Municipal de Manaus renegociar os valores dos contratos foram: P e G Comércio e Serviços de Informática Ltda., Cintia Alves Vieira – ME, Internext Rede Digital Amazônica Ltda., M. do S. Furtado – ME, Rosiane Silva e Silva – ME, M.A. Marques e Cia. Ltda., MMC Comércio e Serviços de Impressos Ltda., R2 Comércio, Serviços e Representação de Produtos de Informática, Suplex Serviços de Manutenção de Equipamentos de Refrigeração Ltda, e outros.

Para este ano, a Câmara Municipal de Manaus deverá executar um orçamento de R$ 126 milhões.

Com a economia, Wilker pretende promover investimentos na área de Tecnologia da Informação com implantação do programa ‘Câmara Digital’, da ‘TV Câmara Aberta’, entre outros projetos que têm o objetivo de ampliar a transparência dos atos administrativos e legislativos na CMM.