Representante da Coca-Cola diz que empresa fica no Brasil

Após ser divulgado que a Coca-Cola poderia deixar o Brasil por conta de discussões a respeito da cobrança de impostos por parte do governo brasileiro, o vice-presidente de relações corporativas da companhia, Pedro Rios, afirmou que a companhia vai continuar a atuar no país.

Em entrevista a revista “Exame”, Rios revelou que “a afirmação de que ameaçamos sair do Brasil e da Zona Franca de Manaus não é verdadeira”.

Mais cedo, a “Folha de S. Paulo” havia publicado que a Coca-Cola não gostou do aumento da carga de impostos paga pela companhia, imposta pelo governo Temer. Essa seria a razão para que a multinacional pensasse em abandonar a produção no Brasil.

Fonte: Notícias ao Minuto