Revoltado pela falta de atendimento ao seu filho, secretário de Comunicação de Coari e o diretor do hospital vão pra porrada

daniel macielUma notícia enviada ao Radar, nesse primeiro dia do ano de 2015, me fez vir a mente, repetidas vezes, aquele dito popular: “pimenta nos olhos dos outros é refresco”. Essa frase da mais pura sabedoria popular cai como uma luva para o que teria acontecido, segundo fontes do Radar, no dia 31 de dezembro, último dia do ano de 2014, em Coari, e que teria levado o secretário de Comunicação do município – ler administração do padre prefeito Igson Monteiro – e o recém-empossado (nomeado no dia 01 de dezembro do ano passado), diretor do Hospital de Coari , Jeilson Pereira Ferreira – também discípulo do “padre” prefeito – ao que muita gente chama de partir para as vias de fato, mas na linguagem do povão partir pra porrada mesmo, literalmente falando.

O secretário de Comunicação de Coari, o bacharel em Ciências Políticas e comunicólogo – perfil que está em seu blog Coari em Destaque, viu gente? – sentiu na pele o desespero que os cidadãos comuns sentem ao ter um filho acidentado, levá-lo para o hospital da cidade e não encontrar um simples aparelho de raio X funcionando para verificar a extensão dos ferimentos, se não existem sequelas internas. O secretário conta em seu Facebook: “Quero iniciar o ano agradecendo a Deus pelo livramento que ele nos proporcionou. Em um acidente de trânsito um caminhão baú que descia desgovernado na Rua 2 de Agosto chocou-se com a moto que meu filho dirigia, passando em seguida por cima dele com uma das rodas. O livramento foi que apesar de tudo, do peso do veículo e da gravidade do acidente, não houve nenhuma fratura, apenas machucado e escoriações e o mais importante, ele está vivo. Muito obrigado meu Deus pelo livramento.

Mas, se o secretário, agradeceu humildemente a Deus por ter salvo a vida de seu filho– e nós do Radar também damos graças a Deus por esta vida -, não teve a mesma parcimônia ao saber que o rapaz não teria como fazer exame para verificar alguma quebradura ou fratura porque o raio x do Hospital de Coari não está funcionando – e isso os cidadãos de Coari já sabem há muito tempo. As informações são de que decidiu esculhambar o diretor do hospital, Jeilson Perreira, que não aguentou a bronca calado e disparou: “Agora o senhor já viu de perto que estamos sem condições de trabalhar e sabe como é que o povo se sente quando chega aqui no hospital e não tem nada”. Nesse momento o secretário de Comunicação não quis mais conversa e partiu pra briga. As informações são de que ele e o diretor do hospital desferiram socos e pontapés pra todo lado e chegaram a rolar no chão na peia. Daniel Maciel estaria com um olho roxo e Jeilson Pereira também teria ficado com marcas pelo corpo por causa da briga – será que teve condições deles serem atendidos no hospital de Coari?

E, felizmente, para o secretário Daniel Maciel, seu filho não teve qualquer quebradura ou fratura, porque se isso tivesse acontecido ele tomaria conhecimento que a administração da qual ele faz parte não pagou o especialista nessa área médica, e Coari está sem ortopedista que foi embora da cidade por estar com salários atrasados.

A turma aqui do Radar vai aproveitar essa triste oportunidade, que a gente preferia sinceramente que não tivesse ocorrido, nem o acidente com o filho do secretário, e nem atos de violência, para pedir aos dois gestores, principalmente ao secretário de Comunicação que se diz evangélico, que veja o que aconteceu com seu filho como um desígnio de Deus – muitas vezes o que Deus faz é incompreendido pela alma humana -, um manifestação divina para mostrar o que o povo sofre com a falta de um serviço de saúde digno e que a partir disso tomem uma atitude de resolver os problemas da falta de estrutura do hospital e, dessa forma, vão poder começar um Ano Novo em paz com Deus, com seus irmãos coarienses, e com suas consciências. (Any Margareth)

foto de filho daniel maciel

Imagem publicada pelo secretário Daniel Maciel em seu Facebook sobre os ferimentos em seu filho após um acidente de trânsito

raio montagem

Raio X quebrado: motivo da briga entre o secretário de Comunicação e o diretor do Hospital de Coari