Rio Negro pode atingir 40 cm a mais que previsão inicial no pico da cheia

Previsão é do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), já a Defesa Civil informou que 4,5 mil pessoas podem ser afetadas em Manaus e cidades do interior do estado

Foto: Divulgação/ Defesa Civil

Foi divulgado nesta sexta-feira (29) o segundo alerta de cheia pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), que aponta que o Rio Negro pode alcançar a marca de 29,40 metros em Manaus, neste ano. Em vídeo, o coronel Fernando Júnior, secretário-executivo da Defesa Civil do Município, comentou que são emitidos três alertas, medidas essenciais para nortearem ações de controle dos impactos que podem ser causados.

De acordo como secretário, cerca de 4,5 mil famílias tanto em Manaus como no interior poderão ser diretamente afetadas pela cheia  deste ano. Ele disse ainda que a Defesa Civil continua realizando cadastros das famílias.
Com a severidade da cheia, cerca de 19 bairros de Manaus já estão sofrendo os primeiros impactos. “Afetamento social não houve nenhum até agora, obviamente que com 29 metros, nós já teremos esses afetamentos aonde vai mexer com a vida social da comunidade”, disse o coronel Fernando Júnior.
Segundo o CPRM, neste ano serão emitidos três alertas: o primeiro já foi feito no dia 31 de março, o segundo nesta sexta-feira e o terceiro no dia 31 de maio. Se houver necessidade, o órgão realizará mais um anúncio em junho.

Veja as maiores cheias do Rio Negro:
2021 – 30,02 m
2012 – 29,97 m
2009 – 29,77 m
1953 – 29,69 m
2015 – 29,66 m
1976 – 29,61 m
2014 – 29,50 m
1989 – 29,42 m
2019 – 29,42 m
1922 – 29,35 m
2013 – 29,33 m