Rodada com virada do líder Cruzeiro e goleada do Grêmio no Internacional

cruzeiroJogo entre líder e lanterna. Vitória fácil do primeiro colocado, poderia prever qualquer pessoa. Mas não foi assim na noite deste domingo no Mineirão. O Cruzeiro levou um susto no início do jogo e só conseguiu se recuperar dele no segundo tempo, quando fez três gols e derrotou o último colocado Criciúma. Lucca abriu o placar para o visitante; Marcelo Moreno, Ricardo Goulart e Willian marcaram para o time dono da casa, que segue com vantagem de cinco pontos em relação ao vice-líder São Paulo.

Na próxima rodada, o Criciúma recebe o Grêmio, no Heriberto Hülse, em Criciúma. O jogo será sábado, às 19h30 (de Brasília). O Cruzeiro enfrenta o Santos, domingo, às 17h, na Vila Belmiro. Antes, porém, faz o primeiro jogo da final da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, quarta-feira, às 22h, no Independência, em Belo Horizonte.

barcos_luan_ae_marcoscunhaGrêmio

É possível o time com três volantes e nenhum meia cerebral criar mais do que um adversário repleto de peças habilidosas? É possível um jogador que errara quase todos os lances ser iluminado com um gol e uma assistência? É possível tudo isso se transformar na quebra de jejum histórico, que se arrastava há mais de dois anos, além do fato de nunca ter vencido na Arena? Num Gre-Nal, tudo é possível. Foi possível no 403. Contrariando tendências, soterrando teses, o Grêmio goleou o Inter, de D’Ale e cia, por 4 a 1, com gols de Luan, Ramiro e dois de Alan Ruiz – Rafael Moura descontou -, pela 33ª rodada do Brasileirão.

ganso_juan_ae_rubenschiriSão Paulo

Luis Fabiano fez aniversário no sábado. Ao soprar as 34 velinhas, deve ter seguido o tradicional ritual de fazer um pedido: “Amanhã, quero jogar como se tivesse meus 20 e poucos anos”. Pedido aceito. O atacante decidiu a vitória do São Paulo por 2 a 1 sobre o Vitória, no Barradão. Um gol, uma assistência e uma atuação leve, com direito a giro rápido sobre o zagueiro e ajuda na marcação, uma movimentação dos melhores tempos.

O Fabuloso levou o Tricolor a 62 pontos. Mas a distância para o líder Cruzeiro segue em cinco pontos, porque a Raposa venceu o Criciúma nesta rodada, em Belo Horizonte. Drama maior é o do Vitória, que foi ultrapassado pelo Coritiba e é o 17º colocado, na zona de rebaixamento, com 34 pontos, dois a menos que a Chapecoense.

santosCorinthians

Corinthians tem 41 gols no Campeonato Brasileiro. Paolo Guerrero tem 10. A equipe está firme em busca de uma vaga na Libertadores do ano que vem graças ao peruano. Sem novidades, foi o atacante quem marcou na vitória por 1 a 0 sobre o Santos. Ele e Renato Augusto infernizaram a defesa adversária, e o placar só não foi mais largo por conta do excelente segundo tempo do goleiro Aranha. Foi o terceiro clássico na Arena Corinthians, o terceiro com gol de Guerrero – ele já havia marcado contra São Paulo e Palmeiras.

A cinco rodadas do fim, o Timão é o quinto, tem os mesmos 57 pontos de Grêmio e Atlético-MG, mas uma vitória a menos. O Peixe se mantém em oitavo, longe de qualquer disputa e já sem risco algum de sofrer com a ameaça do rebaixamento.