Romário é condenado a pagar R$ 408 mil em aluguéis atrasados

Romário foi condenado pela 7ª Vara Cível de Brasília a pagar R$ 408 mil em aluguéis atrasados e custos do processo judicial contra ele. O ex-jogador teria deixado de pagar 14 meses de aluguel da casa em que viveu por quatro anos, de 2012 a 2016, na capital federal — onde atua como senador pelo estado do Rio de Janeiro. As informações são de Lauro Jardim, em O Globo.

Acusado de lavagem de dinheiro, ex-presidente do Barcelona pede impugnação de declarações de Romário Acusado de lavagem de dinheiro, ex-presidente do Barcelona pede impugnação de declarações de Romário
Dunga e Romário, amizade rompida, processo e multaDunga e Romário, amizade rompida, processo e multa
Ele ainda teria um mês para desfazer o campo de futebol e o píer construídos irregularmente na propriedade. O imbróglio teria começado em 2015, quando o aluguel da residência foi reajustado de R$ 26 mil para R$ 35 mil mensais.

Publicada em 14 de agosto no Diário de Justiça do Distrito Federal, a decisão tomada pelo juiz Luciano dos Santos Mendes. Como a decisão é de primeira instância, Romário ainda pode recorrer na Justiça.