Rotta defende devolução do dinheiro cobrado pela Manaus Ambiental por serviço de esgoto onde não existe (ver vídeo)

rotta

Após levantamento de documentos que comprovam a cobrança indevida de taxa de esgoto, há anos (desde 2004), pela Manaus Ambiental onde a empresa nunca implantou esse serviço, junto com a decisão da Justiça de considerar uma cobrança abusiva e determinar a suspensão do pagamento de taxa de esgoto onde a empresa não comprove que exista esgoto, o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (CDC), deputado Marcos Rotta (PMDB), disse que a CDC estuda entrar na Justiça para que esses valores cobrados a maior nas contas de água sejam devolvidos, já que está está comprovado que os consumidores pagaram por um serviço que não foi prestado (ver video).