Rotta denuncia racionamento de energia em Parintins e cobra providências à AM Energia

Marcos rotta 22Por meio da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC-Aleam), o deputado estadual Marcos Rotta (PMDB) solicitou à Amazonas Energia um relatório sobre a situação dos serviços prestados no município de Parintins, que tem sido castigado com o racionamento de energia elétrica.

Ainda por meio de um ofício, enviado à concessionária na manhã desta terça-feira (13), Rotta cobrou providências a respeito dos constantes “apagões” na sede da cidade e também na comunidade da Vila Amazônia. “Vamos exigir providências a fim de realizar um serviço contínuo e de qualidade naquela região”, justificou o parlamentar.

Rotta informou que, conforme o Código de Defesa do Consumidor (CDC), o fornecimento de energia é um serviço essencial e, como tal, não pode sofrer interrupção sem uma justificativa prévia.

“Vamos juntar esforços ao deputado Tony Medeiros, que também está preocupado com essa situação,  e reunir com a direção da concessionária para que o serviço em Parintins seja restabelecido o quanto antes”, afirmou o peemedebista.

Segundo informações repassadas a Rotta, o município é abastecido por 29 geradores, dos quais seis estão quebrados. No entanto, na avaliação do deputado, esses dados não justificam os “apagões” constantes.

“A empresa Control – terceirizada responsável pela manutenção da rede na localidade – caiu em descrédito na cidade, por ser omissa e por não atender às reivindicações da sociedade parintinense”, completou Rotta, ao acrescentar que repudia essa política “nefasta” da concessionária, que mantém equipamentos precários e sucateados na prestação precária de serviços em Parintins.