Anúncio

Roubos de celulares em Manaus impressionam equipe da Giuiliani Security

Equipe de consultores da Giuiliani Security & Safety

A equipe de consultores da Giuiliani Security & Safety iniciou nessa terça-feira, dia 15, as reuniões individuais com integrantes da cúpula da Segurança Pública para conhecer as estratégias desenvolvidas pelas polícias Militar e Civil no trabalho de prevenção e combate a criminalidade em Manaus e nos 61 municípios do interior.

O primeiro compromisso foi com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel David Brandão. Os consultores norte-americanos conheceram o trabalho de policiamento ostensivo adotados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) nas Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms), Comandos de Policiamento de Área (CPAs) e no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Diretor de Segurança do escritório norte-americano, John Huvane

A reunião foi acompanhada pelo diretor de Segurança do escritório norte-americano, John Huvane, que se disse impressionado com a quantidade de registro de roubos diários de aparelhos celulares na capital. Esse tipo de crime, segundo a PM, lidera o topo das ocorrências policiais e, só no segundo semestre do ano passado, foram registrados mais de 18 mil casos.

No encontro, David Brandão também informou a quantidade do efetivo policial disponível atualmente no Estado, número que também impressionou os consultores. De acordo com Organização das Nações Unidas (ONU), a média internacional é um policial para cada grupo de 450 pessoas. No Amazonas, sendo a PM, existem menos de 9,1 mil policiais para fazer a segurança de quase 3 milhões de habitantes.

Nos dois primeiros dias de trabalho, a equipe de Giuliane visitou bases móveis da PM no residencial Viver Melhor, no bairro Santa Etelvina, zona Norte, que concentra 1,2 mil famílias, cercadas por áreas de invasão dominadas por facções criminosas que lideram o tráfico de drogas naquela região vulnerável à criminalidade. Por essa razão, destacou Bosco Saraiva, a SSP-AM mantém uma unidade monitoramento para reforçar o combate ao crime.

Até o próximo sábado, dia 19, outros órgãos do sistema de segurança receberão a visita da comitiva, que incluiu, no roteiro, o Complexo Penitenciário Anísio Jobim, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM), Arquidiocese de Manaus, Ministério Público do Estado (MPE) e Federal (MPF), Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.