Russia e Coreia do Sul empatam em 1 a 1

igor-akinfeev_russia_get_95

Parecia que a emoção não passaria perto da Arena Pantanal. Foi um primeiro tempo morno, até com muitos passes, mas pouca precisão. Quando a torcida começava a silenciar, se deixando levar pela pouca emoção, dois personagens improváveis trataram de lembrar que aquela era sim uma estreia de Copa do Mundo. Com o maior frango do Mundial de 2014, até o momento, e a estrela de um reserva, Rússia e Coreia empataram por 1 a 1 pela primeira rodada do Grupo H, em Cuiabá. Os gols foram marcados por Lee Keun Ho e Aleksandr Kerzhakov.

No banco, Fabio Capello não parecia gostar do que via. Se no primeiro tempo pouco gesticulou, no segundo estava mais incomodado, com as mãos todo o tempo na cintura. Para ele, aquilo parecia um filme repetido. Na Copa de 2010, o italiano comandava a seleção inglesa e também viu sua equipe empatar com os Estados Unidos. Naquela ocasião, também houve uma falha, mas do goleiro Green.

O veterano Kerzhakov mostrou que experiência, de fato, faz diferença. Único do time a ter disputado uma Copa anteriormente (em 2002), ele teve a frieza de marcar o gol de sua equipe logo depois de entrar em campo, quando sua equipe perdia. Além de ficar mais perto de ser o maior goleador da Rússia (sem contar o período soviético), ele deu ânimo ao abatido companheiro Akinfeev. O goleiro havia falhado feio no gol sul-coreano.

Pelo Grupo H, a Bélgica venceu a Argélia, por 2 a 1, nesta terça-feira. Com esses resultados, os belgas lideram a chave com três pontos. Russos e sul-coreanos estão empatados na segunda colocação. Na segunda rodada, a Rússia enfrenta a Bélgica no Maracanã, enquanto a Coreia do Sul encara a Argélia, em Porto Alegre. Os dois jogos serão no próximo domingo.

Fonte: GE