Sábado é marcado por manifestação no centro de Manaus contra o presidente Bolsonaro (ver vídeo)

Foto: Rafa Braga

Assim como em várias capitais do país, os amazonenses também fizeram uma manifestação contra o governo Jair Bolsonaro (sem partido) neste sábado (2). Em Manaus, o ato foi realizado, na Praça da Saudade, no Centro de Manaus e percorreu por ruas do Centro até a Praça do Congresso. (veja vídeo no final da matéria).

Trabalhadores da área da educação, saúde, estudantes e líderes de organizações sociais participaram do ato para manifestar a insatisfação contra o governo Bolsonaro. Durante a manifestação o Radar conversou com o deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), que disse ter ido às ruas repudiar as atitudes negacionistas de Bolsonaro.

“Muita gente  não quer se vacinar por conta do discurso negacionista do presidente da república, e todos os países do mundo, quem deu o primeiro exemplo foi o chefe do Estado, aqui é ao contrário, ele não se vacina para passar a mensagem para a população não se vacinar, sendo que a vacina é o único caminho para sair da pandemia, disse Serafim

Participou da manifestação também, o deputado José Ricardo (PT) que em entrevista ao Radar, disse que a população tem reprovado o governo Bolsonaro principalmente pelo aumento do preço do gás, combustível e alimentação.

“É um governo que não ouve a população, é um governo anti-indígena, é um governo que não olha para os pobres, pelo contrário é um governo que não gera emprego. Além de ser um governo que corta recursos de projetos sociais e da educação e por isso a população reprova, disse.

Acompanhe a cobertura da manifestação