Sabino chama de “monstro pedófilo” a quem chamava de “pai do povo de Coari”

Na campanha política de 2012, em um dos comícios de Adail Pinheiro, o deputado federal Sabino Castelo Branco, após esculhambar – palavra mais correta para o tipo de discurso que faz – a administração do município e, assumindo a cena em que faz seu olhar entristecido, com a fala meio chorosa – digna dos dramalhões mexicanos regado a choro e desespero – , falou de uma Coari esquecida, destruída, onde o povo “ passava necessidade”, estava na miséria. E, nas palavras de Sabino, Adail Pinheiro era a salvação para Coari. “O papai Adail está de volta para cuidar do seu povo. Adail é o pai do povo de Coari” – inclusive estamos procurando aqui no baú do Radar o vídeo desse comício e da performance de Sabino. Mas, nesta quarta-feira, bombou nas redes sociais de Coari, comentários sobre a mudança drástica de opinião do deputado e dublê de apresentador de TV (ou vice-versa), Sabino Castelo Branco que, entre coisas nada elogiosas chamou Adail de “monstro, pedófilo, doente”. Sabino partiu até pra blasfêmia, usando o nome de Adail para fazer um apelo: “Pelo amor de Deus tirem esse homem daí, ele é um monstro, não pode ficar no meio da sociedade” e chegou a criticar o aliados de Adail: “Não sei como ainda existem pessoas de Coari que defendem esse homem”. Como é que é? E o que achar de quem o defendeu com unhas e dentes pra que ele ganhasse uma eleição?  Vai dizer que não sabia de nada sobre as mesmas denúncias de seis anos atrás?

Comentários-Face-Book 3

Levou peia

E os facebookeiros de Coari largaram a peia, no melhor e pior sentido da palavra, em Sabino. E os leitores assíduos e fiéis do Radar, nos enviaram o comentário escolhido como uma das “pérolas” postadas nas redes sociais sobre Sabino e Adail Pinheiro: “Sabino é farinha do mesmo saco, e puba”. Sinônimo de puba no dicionário popular: farinha podre.

Comentários-Face-Book 2

Comentários-Face-Book 1

Papai não deu?

O que será que aconteceu para uma mudança tão abrupta do aliado de Adail Pinheiro, o deputado federal Sabino Castelo Branco. Será que o “papai Adail” não deu o que queria, ou será que não dá pra defender o “papai Adail” porque desta vez vai ficar mal na foto?

Comeram abiu

E o Radar recebeu um monte de mensagens perguntando por onde andam os vereadores de Coari. Dizem nossos leitores da antenada Coari que eles sumiram do mapa, que é difícil até vê-los na rua. E que estão na base do “cruz credo” quando o assunto é Adail e as denúncias de pedofilia. É tocar no assunto e não sai uma palavra como se a boca tivesse grudada depois de comer abiu. E nem fale em negocio de CPI, porque nessa não dá pra fazer dois relatórios, né mesmo?