Saiba quais são os cuidados necessários com crianças na praia da Ponta Negra

Para garantir a integridade e segurança da criançada, a atenção com os pequenos deve ser redobrada

Foto: Elton Viana/ Semcom

A praia do Complexo Turístico Ponta Negra, mesmo no período de chuvas, está entre os destinos mais procurados em feriados e finais de semana, com o uso por dezenas de famílias. Para garantir a integridade e segurança da criançada, a atenção com os pequenos deve ser redobrada. Há cuidados simples, mas que podem ajudar familiares e responsáveis em caso de crianças perdidas na orla e calçadão do local.

Segundo o comandante do Pelotão de Guarda-Vidas, tenente Aluísio Cruz, pulseiras de identificação para serem colocadas nos braços ou tornozelos dos pequenos auxiliam com informações como nome, idade e telefone de contato da família. Ele afirmou, por meio de assessoria: “Não sendo possível ter a pulseira no momento, tendo essa precaução antes, é preciso ter sempre alguém de olho na criança, como uma sentinela mesmo, ininterruptamente. A criança é muito dinâmica, está em movimento num ambiente que é novidade e ela não tem dimensão da real situação dos cuidados que precisa ter”.

Para Cruz, os pais, parentes e responsáveis tem que ter essa observação de não tirar a visão direcionada à criançada. “E caso ocorra uma situação de desaparecimento, tomar logo a iniciativa de informar as autoridades no local, como bombeiros, PMs, membros da comissão e também aos frequentados, para pedir ajuda na busca e resgate o mais rápido possível. É importante observar se o pequeno não foi para a água. São algumas orientações que passamos para que todos possam ter uma brincadeira, um feriado e dias de praia com alegria”, falou o tenente.

Outra orientação importante é que os pequenos devem ser alertados a procurar um guarda-vidas ou policial caso se percam. Já a pessoa que encontrar uma criança perdida deve procurar as autoridades presentes na praia.

É importante respeitar as normas de uso do espaço e não ultrapassar o cordão de isolamento na água, colocado pela equipe de salva-vidas do Corpo de Bombeiros, que indica a área de segurança dos banhistas no rio. Além do horário indicado para banho, até as 17h, e a preocupação com as crianças dentro do rio, a recomendação principal é o cuidado no consumo de bebidas alcoólicas.

 

(*) Com informações de assessoria.