Sambódromo recebeu 18ª edição da Parada de Orgulho LGBT

Nesse domingo (30), aconteceu a 18ª edição da Parada de Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), a partir das 16h, no Sambódromo, bairro Dom Pedro. O tema deste ano foi “Resistir para existir: cure a corrupção com seu voto”. O evento teve entrada gratuita.

O evento que tem o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), contou com uma programação diversificada.

Foram três ambientes, dentre eles os já tradicionais trios elétricos, a tenda eletrônica e o palco principal, que uniram alegria e diversão à mensagem de conscientização. Atração à parte, a bandeira de arco-íris, símbolo do movimento, contou com 50 metros de extensão. Shows de Drags e desfile de personalidades LGBTs também foram apresentados.

Programação

Abrindo a programação, o primeiro trio Oficial Bruna La Close, que teve largada às 18h, teve o DJ Gabriel Medeiros e a presença de ícones da comunidade LGBTs, além de convidados. Já no trio da Diversidade LGBT, quem esteve no comando será o DJ Felipe Bach.

O som do palco principal ficou por conta do DJ Nandes Toy e da apresentação das bandas Forró de Cheiro, Banda Impakto e Banda Marrakesh. Após o desfile no primeiro trio, DJ Gabriel Medeiros fez as viradas na tenda eletrônica.

Durante a programação, houve distribuição de preservativos masculinos, femininos e gel lubrificante. Profissionais envolvidos na ação percorreram o evento, distribuindo material sobre a importância da prevenção contra as doenças sexualmente transmissíveis.