Santos tem prejuízo pelo 2º jogo seguido na bilheteria em casa

A derrota por 1 a 0 para o Novorizontino, sexta-feira, no Pacaembu, encerrou a invencibilidade do Santos como mandante no Campeonato Paulista e também registrou outro dado negativo: foi o segundo jogo consecutivo da equipe em casa com prejuízo financeiro na bilheteria.

A partida atraiu apenas 9.020 pagantes ao Pacaembu, sendo o terceiro pior público do time em casa nesta edição do Paulistão. E a renda bruta de R$ 215.767,00 foi insuficiente para cobrir as despesas do Santos para abrir o estádio paulistano, o que levou o clube a registrar um prejuízo de R$ 30.305,37.

O compromisso foi o segundo seguido do Santos com déficit neste Paulistão, pois isso já havia ocorrido em 2 de março, quando o time derrotou o Oeste por 3 a 2, no Pacaembu, em partida que foi iniciada com atraso, após adiamento por causa da forte chuva que atingiu São Paulo. Naquele jogo, o time teve seu pior público pagante no torneio, com 8.123 torcedores. A renda bruta foi de R$ 249.544,00, com prejuízo de R$ 12.064,52.

Apesar da derrota para o Novorizontino, o Santos vai fechar a primeira fase do Paulistão com a melhor campanha em casa, pois nessas condições somou 15 pontos, com cinco vitórias e uma derrota.

Porém, outros três times estão invictos quando atuam em casa no Paulistão: a Ponte Preta e o Red Bull Brasil fizeram 14 pontos nessas condições, com quatro vitórias e dois empates, enquanto o Mirassol acumulou dez pontos, com dois triunfos e quatro igualdades.

Confira as rendas e públicos do Santos como mandante no Paulistão:

19/01 – 1 x 0 Ferroviária (Vila Belmiro) – R$ 252.135 e 8.616 pagantes

27/01 – 2 x 0 São Paulo (Pacaembu) – R$ 630.964 e 18.601 pagantes

09/02 – 1 x 0 Mirassol (Pacaembu) – R$ 522.527 e 16.634 pagantes

18/02 – 3 x 0 Guarani (Pacaembu) – R$ 399.272 e 12.952 pagantes

02/03 – 3 x 2 Oeste (Pacaembu) – R$ 249.544 e 8.123 pagantes

15/03 – 0 x 1 Novorizontino (Pacaembu) – R$ 215.767 e 9.020 pagantes