São Paulo e Santos disputam a 1º vitória em clássicos na temporada

Evitar a segunda derrota em clássicos no ano é tarefa prioritária para São Paulo e Santos, que se enfrentam neste domingo, às 17 horas, no estádio do Morumbi, na capital, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Em busca de afirmação, as equipes fazem o duelo para “desencantar” na temporada, que para ambos começa com oscilações e deixa os torcedores preocupados.

Para os mandantes, o jogo ainda marca o desafio ingrato de tentar melhorar o retrospecto recente diante dos principais rivais paulistas. Nos últimos 10 clássicos, o São Paulo venceu apenas dois (2 a 0 sobre o Palmeiras, no primeiro turno do Campeonato Brasileiro passado, e 2 a 1 sobre o Santos, no segundo turno). Contra os rivais deste domingo, foram seis derrotas nos últimos 10 encontros. No primeiro clássico deste ano, perdeu por 2 a 1 para o Corinthians.

Apesar da sequência de quatro vitórias seguidas – duas no Estadual e duas na Copa do Brasil -, o sinal de alerta está ligado no São Paulo, que ainda não mostrou futebol convincente e ouviu vaias mesmo com resultados positivos. As cobranças recaem sobre o técnico Dorival Junior, que entre reclamações sobre o calendário apertado e a espera de um entrosamento que parece não chegar ao time já começa a ser questionado no Morumbi.

E o desafio para este domingo tem um drama a mais para o clube tricolor: o time precisou viajar às pressas a Maceió para enfrentar o CSA pela segunda fase da Copa do Brasil na última quinta-feira e teve pouco tempo para treinar para o clássico. Para piorar, o zagueiro Rodrigo Caio, suspenso por tomar o terceiro cartão amarelo na sexta rodada, terá de cumprir suspensão, já que o duelo contra o Ituano, pela sétima, foi adiado para esta quarta por causa do torneio nacional. Como Anderson Martins reclama de dores, a dupla de zaga será formada por Bruno Alves e o equatorianio Arboleda, que disputará seu primeiro jogo em 2018.

Do lado santista, o desafio do técnico Jair Ventura é mostrar ao torcedor que as suas apostas podem dar resultado, mesmo que o time ainda esteja buscando a sua forma ideal. Para esquecer o tropeço diante do Palmeiras por 2 a 1 no primeiro clássico do ano, o Santos buscará a posse de bola para envolver os rivais deste domingo. O duelo ainda marcará o primeiro grande teste para o atacante Gabriel, de volta e que busca retomar o bom futebol que não conseguiu mostrar na Europa. Com informações do Estadao Conteudo.