Secretário de David Almeida constrói secretaria pra chamar de sua (ver vídeo)

Foto: Geovani Leite/Radar Amazônico

Sabe gente, mesmo sabendo que as fontes do Radar são confiáveis, muitas vezes a gente chega a duvidar da história que estão nos contando. Essa é mais uma daquelas histórias que, de tão bizarras, beira o inacreditável.

Foto: Geovani Leite/Radar Amazônico

Imagina que um colega jornalista decidiu nos contar que o secretário municipal de Limpeza Pública da prefeitura de David Almeida (Avante), o ex-deputado Sabá Reis, também do Avante, decidiu sem mais nem menos, por sua própria conta e risco, construir uma nova sede para a sua secretaria, a Semulsp.

Diz o colega que não tem licitação, não se sabe de onde vêm os recursos para a obra e sequer tem licenciamento da obra feito pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) como determina a própria Prefeitura de Manaus para edificações no município, ou seja, Sabá Reis, dá um “num tô nem aí” e um “passa fora” para a própria administração que ele representa.

E, como manda o bom e sério jornalismo, lá vai o Radar atrás de checar a veracidade das informações. E num é que a obra está sendo feita mesmo gente! No local não há nenhuma placa com informações sobre a obra e com autorização da prefeitura para a construção.

No Diário Oficial e nem no Portal da Transparência da Prefeitura de Manaus, o Radar não achou nenhuma informação sobre a fonte de destinação dos recursos para tal obra e nenhuma publicação sobre licitação para construir a nova sede da Semulsp.

E o que diz a fonte, em tom de ironia, torna a situação ainda mais bizarra: “O secretário diz pra todo mundo que ele decidiu fazer uma secretaria pra ele, com o dinheiro do seu bolso”.

Pelo jeito Sabá Reis é mais um dos que confunde a coisa pública com a privada.