Secretário de Defesa Social de Adail é denunciado pelo MP por corrupção

acusados 2O secretário de Defesa Social de Coari, secretaria criada na atual gestão de Adail Pinheiro, e quem tem status de supersecretaria já que engloba a Guarda Municipal, o Departamento de Trânsito e Corpo de Bombeiros, tenente coronel Fernando Paiva, foi denunciado junto com outros sete oficiais do Corpo de Bombeiros pelo Ministério Público Estadual (MPE), sob suspeita de fraudes em autos de vistoria do Corpo de Bombeiros. O MPE solicita ainda o afastamento de suas funções de todos os envolvidos. Os outros sete denunciados são: o subcomandante do Corpo de Bombeiros, Carlos Bacelar Martins, o coronel Jair Ruas, e os tenentes-coronéis Andrey Barbosa, Geraldo Neves, Josemar Souza, Mauro Marcelo Lima e o militar Paulo Tarso Martins.

Segundo o MPE, as investigações levam a crer que os documentos atestando regulares condições de segurança para o funcionamento de empreendimentos particulares era expedido de forma ilegal. Os oficiais teriam criado empresas, pagas por particulares, para prestarem assessoria e elaborarem projetos para obtenção do auto de vistoria, e eram os mesmos que iam fazer as vistorias. A denúncia é assinada pelos promotores de Justiça, Carlos Fabio Monteiro e Lauro Tavares,

Os promotores fazem entender que todas as vistorias feitas por esse grupo em empreendimentos particulares têm que ser refeitas para verificar se as normas de segurança foram realmente cumpridas, sob o risco de colocar em perigo a população. O MP verificou que todos os donos de empreendimentos particulares que pagaram as empresas desses oficiais não tiveram qualquer impedimento e conseguiram rapidamente o auto de vistoria para funcionamento de seus negócios.