Seduc paga R$ 34.8 milhões para duas empresas de fora do Estado pela compra de livros

Em mais uma das centenas de dispensas de licitação do Governo de Estado, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) pagou em apenas dois dias R$ 34,8 milhões, para duas empresas de fora do Estado, pela compra de livros didáticos para escolas de ensino fundamental e médio. A compra milionária já está no link de despesas da Seduc, mas os livros só serão entregues daqui há 60 dias, ou seja, quase no final do ano letivo, e em pleno período eleitoral.

Segundo levantamento realizado pelo Radar no Portal da Transparência do Governo, somente no dia 4 deste mês, a Seduc desembolsou R$ 23.4 milhões para a empresa Conesul Comercial e Tecnologia Educacional Eireli, do Rio de Janeiro. No dia 6 de junho, a Seduc pagou mais uma fatura milionária, dessa vez para a empresa Previna Programas Preventivos e Consultoria Eireli de São Paulo, o montante de R$ 11,4 milhões.

Para pagar as duas empresas, está descrito no empenho de pagamento que a Seduc está usando dinheiro da “complementação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e da Cotaparte da Contribuição do Salário-Educação”. O montante de recursos é de mais de R$ 34,8 milhões.

Entramos em contato com a Seduc via e-mail pedindo esclarecimentos, mas até o fechamento desta matéria não tivemos retorno.