Sem pagamento da data-base há 4 anos, professores da UEA reivindicam seus direitos

Assim como outras categorias de servidores públicos, os docentes da UEA amargam quatro ano sem um centavo de reposição salarial. Eles avaliam positivamente a inciativa do deputado Luiz Castro que propôs Emenda à LDO visando garantir o pagamento da data-base de servidores públicos estaduais.

A Emenda Aditiva Nº5 à LDO (Projeto de Lei Nº108/2018), de autoria do Deputado Luiz Castro, visa assegurar o pagamento em 2019 da data-base, evitando embates que possam prejudicar os serviços essenciais a população do Amazonas.

Segundo a presidente do Sindicato dos Docentes da UEA (SIND-UEA), porfessora Gimima Silva: “há quatro anos o PCCR (Lei Nº 3. 656/2011) é descumprido, sem o pagamento da data-base aos docentes e técnicos da UEA nos anos de 2015, 2016, 2017 e 2018. Já passou da hora da nossa lei ser cumprida. É importante que os professores e técnicos da UEA compareçam nessa votação e mostrem seu descontentamento aos deputados”.

De acordo com o sindicato dos Docentes da UEA a votação deve acontecer nesta quinta-feira (12), a partir das 9h, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM).