Sem Paquetá, Milan joga mal contra o Brescia, mas vence por 1 a 0

Foto: EFE/EPA/FILIPPO VENEZIA

O Milan não fez uma boa partida. Longe disso, na verdade. Mas “achou” um gol no segundo tempo, marcado pelo atacante croata Rebic, e derrotou o Brescia nesta sexta-feira, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Italiano. Lembrando que a equipe não contou com o meia Lucas Paquetá, que não foi relacionado.

Com o resultado, o Milan alcançou os 31 pontos na tabela e parou em sexto lugar, dentro da zona de classificação para as competições europeias. Já o Brescia paga pela incompetência e segue na zona de rebaixamento, em 19º lugar, com 15 pontos.

Destaque do jogo

O grande nome da partida foi o goleiro Donnarumma, do Milan. Ele fez pelo menos três defesas impressionantes, quando o time era dominado pelo Brescia. Sem ele, o Milan teria perdido o jogo. Mas a equipe do técnico Stefano Pioli segue invicta em 2020: quatro vitórias e um empate.

Como foi o segundo tempo

O Brescia dominou boa parte do segundo tempo. Acertou a marcação no meio-campo, ganhou quase todas as segundas bolas e acelerou nos contra-ataques. Mas foi barrado por uma grande atuação do goleiro Donnarumma e também por certa incompetência na hora de finalizar as jogadas. Como não aproveitou as chances, o Brescia foi “punido” com o gol de Rebic no segundo tempo, aos 25 minutos. A partir dali, o cenário foi mudando e o Milan teve as melhores oportunidades no fim da partida.

Como foi o primeiro tempo 

Os primeiros 45 minutos foram equilibrados. O Brescia criou as melhores oportunidades de gol, principalmente em jogadas de cruzamento pelo alto. Na melhor delas, na cabeçada de Ayé, o goleiro Donnarumma fez ótima defesa. Já o Milan teve a sua melhor chance nos pés do atacante Ibrahimovic, mas ele pegou mal de esquerda e mandou para fora. Aliás, o sueco não teve uma boa atuação nesta sexta-feira.