Semana da Juventude inicia nesta terça (11) com discussão sobre educação, gênero e desigualdade

A Semana Internacional da Juventude inicia nesta terça-feira (11) e seguirá até sexta-feira (14), e a programação inicia com painéis virtuais “Desigualdade de gênero nas diferentes esferas” e “Universalização da Educação para redução das desigualdades”. Os debates serão gravados e publicados, a partir das 16h, no Instagram e Youtube .

As atividades fazem parte de uma série de vídeos e transmissões ao vivo realizadas para celebrar o Dia Internacional da Juventude, instituído em 12 de agosto, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e tem como tema “Engajamento Jovem para Ação Global.

“A Semana Internacional da Juventude visa não só inspirar e conectar os jovens que querem desenvolver atividades transformadoras, mas dar voz e visibilidade para as organizações jovens que estão atuando para o alcance dos ODS na Amazônia”, explica o coordenador da SDSN Jovem Amazônia, Sidney Fernandes.

Na quarta-feira (12), será realizada uma live no Instagram, às 17h, para marcar o lançamento do Caderno ODS “Como fazer juntos”, apresentada pela gerente do Programa de Soluções Inovadoras (PSI) da FAS, Gabriela Sampaio. Além disso, às 18h, será realizado um webinar sobre “Conexões nas Américas: organizações jovens e seus impactos”, com transmissão ao vivo pelo YouTube (SDSN Amazônia).

Na quinta-feira (13), um vídeo com a discussão do tema “Como alinhar bem-estar e meio ambiente próspero”, reunindo jovens lideranças amazônicas, será divulgado, às 16h, via IGTV.

Encerrando a programação, o webinar “Demografia, cidades e comunidades sustentáveis” debaterá perspectivas para o futuro, modelos de sociedades sustentáveis, mudanças climáticas e crise migratória, na sexta-feira (14), a partir das 16h, com transmissão ao vivo pelo YouTube.

A semana é realizada pela Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável Jovem da Amazônia (SDSN Jovem Amazônia) e a Fundação Amazonas Sustentável (FAS).

Sobre a SDSN Jovem

A SDSN Amazônia, secretariada pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS), é uma rede que visa integrar os países da Bacia Amazônica, mobilizando universidades, organizações não governamentais, centros de pesquisa, instituições governamentais e privadas, organizações multilaterais e sociedade civil para promover a resolução prática de problemas para o desenvolvimento sustentável da região. A iniciativa faz parte da Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável da ONU (SDSN Global).

A SDSN Jovem Amazônia é a divisão voltada para pessoas de até 30 anos, que busca envolver jovens da região na agenda 2030, tendo como objetivos: educar os jovens sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e conduzi-los no caminho dos ODS; conectar jovens no mundo inteiro para trocar ideias, compartilhar experiências e colaborar para alcançar os ODS; e apoiar jovens na criação e replicação de soluções inovadoras para os ODS.

(*) Informações da Assessoria