Semsa disponibiliza grupo condutor para garantir direitos das pessoas com deficiência

Um grupo condutor municipal vai discutir a Política Municipal da Rede de Cuidados da Pessoa com Deficiência. Formado por técnicos da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), o grupo será responsável por levantar propostas para mudanças e ouvir as demandas dos diversos setores a fim de incluí-las no próximo Plano Municipal de Saúde.

“A previsão é de que, no primeiro quadrimestre de 2019, sejam apresentados os trabalhos para o próximo Plano Municipal de Saúde. Teremos até o segundo quadrimestre para fazer todas as alterações”, disse o gerente da Rede de Cuidado da Pessoa com Deficiência da Semsa, enfermeiro Clodoaldo Almeida. A instalação oficial do grupo aconteceu, nessa quinta-feira (13), pela Prefeitura de Manaus.

Durante o evento, Almeida lembrou que o Plano Municipal da Pessoa com Deficiência está prestes a completar uma década e que será revisado com base nos olhares e pela intersetorialidade do grupo condutor.

Já o secretário executivo da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped), Ronaldo, Bacry, elogiou a iniciativa da Semsa de promover a revisão do Plano.

“Com essa estruturação, essa atenção voltada à rede, especificamente no que se refere à reabilitação das pessoas com deficiência, é fundamental que a gestão municipal se posicione como está fazendo. A saúde assume sua responsabilidade e a rede de cuidado ganha o protagonismo necessário”, destacou Bacry.

Fazem parte do grupo condutor, além de técnicos da Semsa e representantes da Seped, a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Secretaria Municipal de Educação (Semed) e instituições parceiras, todas voltadas para a garantia de melhorias para as pessoas com deficiências.